Nespresso versus Dolce Gusto

Sou um grande amante de café e o dito cujo da marca Nescafé é bastante bom em termos de qualidade. Recentemente, a marca Nescafé expandiu-se para além da comercialização do café, comercializando também máquinas de café, de uso doméstico (generalizando-as nos lares) e tornando esse comércio num mercado de luxo, com máquinas visualmente apelativas e com uso de cápsulas (que mantém o bom sabor do café) de aspecto requintado.

Duas máquinas comercializadas pela Nescafé (ambas numa parceria com a prestigiada Krups) são a: Nespresso Essenza e a Dolce Gusto. Qual a melhor, quais as vantagens e desvantages? Siga-me numa crítica personalizada a ambas as máquinas.

Nespresso Essenza:

null

Vantagens:

  • Ideal para grandes consumidores e apreciadores de café, permite uma ampla variedade de tipos de café para diferentes ocasiões e gostos, permitindo fazer um espresso tão bom ou melhor àquele que consumimos geralmente fora de casa.
  • Sendo uma máquina de pequenas dimensões e de constituição mais ou menos quadrangular é fácilmente integrada num pequeno espaço da cozinha e devido às suas cores diversas, pode-se conjugar facilmente com a decoração actual.
  • É de fácil limpeza.

Desvantagens:

  • É uma máquina essencialmente para consumidores de café, não sendo possível nenhuma outra utilização para outros fins.
  • Só permite a utilização de cápsulas de café da marca exclusiva para estas máquinas.

Dolce Gusto:

null

Vantagens:

  • É uma máquina que permite preparar várias bebidas: latte machiatto, espresso e chocolate quente.
  • Para uma família onde existem membros que não apreciam café ou crianças é a mais indicada, pois permite preparar chocolate quente e leite com café.
  • É mais barata que a Nespresso Essenza.
  • É de fácil limpeza.

Desvantagens:

  • É um pouco mais volumosa que a Nespresso Essenza, logo pode-se tornar mais difícil de arrumar.
  • Só podem ser usadas cápsulas exclusivas para esta máquina.
  • Só se pode beber um tipo de espresso, ao contrário da Nespresso Essenza.
  • Por haver bebidas como o chocolate quente e o latte machiatto, que necessitam de duas cápsulas, pode ser mais dispendiosa.

Eu optaria pela Dolce Gusto visto que a minha esposa não gosta de café e assim temos um investimento que é útil aos dois. E vocês qual escolheriam? E se já têm uma delas porque é que a escolheram?

About these ads
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • mário venda nova  On Novembro 4, 2008 at 19:41

    eu tenho cá por casa várias máquinas de café, incluindo uma de edição limitada da Philips com a Alessi. não tomo café mas reconheço que me atraem estas máquinas pela limpeza e sobretudo pelo bom gosto do design. qualquer uma delas me parece um boa escolha, mas isso sou eu e não tomo café…mas a Dolce Gusto é mais polivalente e por isso é talvez a escolha mais acertada.

  • otário  On Novembro 8, 2008 at 16:32

    ya, eu tenho a Dolce Gusto.

  • Paulo Ramos  On Novembro 11, 2008 at 22:42

    Oi Mano! Já casaste? :)

  • Tiago Ramos  On Novembro 12, 2008 at 00:32

    Paulo, há quem diga que sim. ;)

  • AnaA  On Novembro 13, 2008 at 02:34

    Assim mesmo do tipo “I do” nem por isso… O resto está quase todo cá :P

    E o café a meio do caminho, é para quando? Ainda tenho de conhecer a pequena, que estou farta de ouvir falar dela, e ver que é bom nada…

    (há jogos do FCP por estes lados e apanha-se metro a dois minutos daqui até ao estádio… ;))

  • Antonio  On Dezembro 4, 2008 at 02:05

    Parecia-me mais “justa” uma comparação entre a Nespresso Latissima e a Dulce Gusto, já que ambas se propoem ao mesmo (tirando a avassaladora diferença de preços), latte machiato, capuccino, etc…
    Não tenho nenhuma dessas maquinas, mas devo elogiar no que toca aos cafés (e não estou a falar da variedade nem de sabor) a Nespresso Essenza, visto já ter apreciado o cafe em ambas.

    Seja como for, o post vale pelo interesse… Fixe!

  • MJR  On Dezembro 19, 2008 at 22:42

    ganda noia

  • MJR  On Dezembro 19, 2008 at 22:44

    eu nao sou a mjr.
    é apenas a realidade que se engana.
    ganda noia

  • MJR  On Dezembro 19, 2008 at 22:44

    eu nem sequer tenho máquina.
    nem gosto de cafe

  • MJR  On Dezembro 19, 2008 at 22:46

    desculpem,

    esqueci-me do ganda noia.

    cá em lisboa também temos metro, para o slb e scp e gnr e psp e fpdpb

    ganda noia

  • Ana Azevedo  On Dezembro 22, 2008 at 13:30

    Acho que se está a comparar o incomparavel.

    As máquinas são diferentes para públicos diferentes.

    A Nespresso é para os verdadeiros apreciadores de café, um café gourmet, máquinas com 19 Bar um sistema de extracção patenteado que confere uma cremosidade sem igual.

    Já a Dolce Gusto é para quem procura versatilidade e não se preocupa tanto com a qualidade do café que bebe, um conceito muito mais abrangente, familiar e popularucho.

    À Nespresso associa-se qualidade, sofisticação, um conceito mais restrito. À Dolce Gusto um Coffee Shop em casa.

    Como disse no começo, está-se a comparar o que não se pode. Dependendo das necessidades de quem compra, ambas podem ser boas.

  • MARILIA FERRAO  On Dezembro 29, 2008 at 11:25

    Na minha casa a máquina que melhor se adapta é a Dolce Gusto. O meu filho bebe chocolate quente, e eu e o meu marido optamos pelo expresso ou pelo café com leite. É de rápida preparação e de fácil limpeza. As cápsulas não são dispendiosas e todas as bebidas são uma delicia. Recebi de prenda de Natal do meu filho. Adorei.

  • litos pvz  On Janeiro 7, 2009 at 21:09

    sem duvida sao duas referencias excelentes a produçao caseira de cafe e seus “derivados” pelo que penso que uma vez nao sendo possivel a comparaçao, basta dizer que uma maquina completa a outra, imaginem terem as duas em casa, uma com funçao de coffeshop e outra com variadissimos tipos de cafes com variadas intensidades. penso que devera ser assim, nao se rivalizando uma com a outra(isso n interessa porque quem ganha de qualquer das formas e a nestle)mas sim complementando-se uma a outra.

  • RAFAEL  On Março 4, 2009 at 20:09

    Pelas informações que tenho, Nespresso e Dolce Gusto são duas coisas completamente diferentes.
    Nespresso é uma marca pertencente ao grupo Nestlé, mas completamente independente, não tem nada a ver com Nescafé. Já Dolce Gusto, é marca diretamente ligada à Nestlé.

    Nespresso é café premium, luxo desde o grão até as máquinas de altíssima tecnologia, com 19 BAR de pressão, design arrojado, etc…
    Dolce Gusto, possui qualidade ‘Nescafé’ de café, não são grãos premium, mas muitos bons, as máquinas possuem tecnologia comparada a qualquer outra cafeteira do mercado, com 15 BAR de pressão e design que agrada a todos…

    enfim, não tenho nenhuma em casa, conheço os conceitos e já tomei alguns Nespressos (são realmente especiais!), acredito que não vale uma comparação entre eles, por serem produtos tão diferentes, um direcionado ao publico de luxo, e o outro à classe média.

    abs!

  • gonçalo  On Abril 13, 2009 at 03:45

    Esta ideia de que a nespresso é luxo e a dolce gusto é “popularucho” e “familiar”, é de um pseudo-elitismo que me faz muita confusão, só justificado pela crescente falta de valores da nossa sociedade.

    A nespresso começou a ter sucesso, em Portugal, nas casas dos novos casalitos que, mais recatados no seu lar, queriam uma máquina prática, que fizesse bons expressos e, ao mesmo tempo, não sujasse muito (factor importantíssimo).
    As normais máquinas de expressos que todos conhecíamos, quando sujeitas à descalcificação regular (coisa a que muita gente não ligava) faziam e continuam a fazer excelentes expressos.

    Claro que a moda começou a pegar e, tal como a BIMBI, todos os casalitos jovens queriam ter uma máquina destas (em que até se pode escolher a cor para ficar bem no armário da cozinha), para oferecer diferentes tipos de café aos amigos, qual bombom que se oferece em final de jantar. Fica bem, cai bem, é elegante…. não passa disso. Se o jantar tiver sido mau… ao menos, o bom café ficou na memória… ou no palato!

    Ora, hoje toda a gente conhece de cor os lotes da nespresso, as edições especiais, etc etc, mas não sabem distinguir uma arábica de uma robusta, continuam a carregar as chávenas com açucar até não dar mais, mas todos se assumem uns “gourmets” do café! Fantástico!

    Ser amante de café é escolher o lote, é observer o grão, a sua cor, aroma, saber a sua origem, prepará-lo no momento e prová-lo sem açucar. Não se preocupar com a borra, se suja, se não suja, se demora ou não. Isto sim é ser-se um gourmet, um apreciador, um purista.

    Tudo o resto, com mais design ou menos design, mais suave, doce, mais ácido ou menos ácido…. é puro marketing. E, mais uma vez, resultado da crise de valores que se instalou na sociedade, em que, as pessoas tentam-se afirmar de todas as formas,… através das máquinas de café, se tal for necessário.

    • Tércio  On Maio 26, 2009 at 11:59

      Caro Gonçalo…

      Ao que parece no Brasil o mesmo acontece. Tua opinião é perfeita e se encaixa em tudo o que acontece por aqui.

      Como os brasileiros falam…é tudo frescura, de um pequeno bando de pessoas que querem se afirmar…a primeiro foi no vinho, depois no café…

    • Gonçalo 2  On Maio 24, 2011 at 14:10

      Subscrevo na integra o teu comentário, é ridículo o proselitismo a volta de uma maquina de café.

      Basta ver a superioridade como que as manadas de gente emana naquelas cápsulas exclusivas para comprar cápsulas ridículo.

  • Bruno  On Julho 6, 2009 at 02:17

    Pois, eu tenho uma Dolce Gusto, e vou entrega-la. A máquina em si é boa (Krups), mas a qualidade do café deixa mesmo muito a desejar (se é que se pode chamar aquilo de café). Não sou nenhum expert em matéria de cafés, apenas detesto o sabor a café solúvel, que é este o caso.

  • Anna  On Outubro 29, 2009 at 15:51

    Eu tenho a Dolce Gusto, e estou muito satisfeita, já que meus pais amam Café, e eu não, mas adoro o Latte, o Chococcino e o capuccino….tem opção para todos!
    O único problema é aonde encontrar as capsulas aqui no Rio de Janeiro…..normalmente só pela internet, pelos sites da Americanas.com e da Polishop, fora isso é dificil encontrar.
    Abraços…..

  • contamail  On Novembro 25, 2009 at 10:32

    Realmente uma mina de ouro…

    Senão vejamos em capsula….paga 0.27 euros por cafe.

    Em grão moido Bourbon Amarelo top dos cafés paga 0.1 euros por café.

    Vantagens do sistema de capsulas:

    Gasta mais 0.17 por café
    Produz mais lixo domestico ( clasula + embalagem )

    Obrigado a todos por gastarem mais dinheiro e poluirem mais o planeta

    • Dy  On Janeiro 24, 2010 at 15:12

      As capsulas são recicláveis, fazendo com que o argumento da poluição seja ridículo para um consumidor informado.

      Quanto aos +0.17 por café.. há quem prefira pagá-los para um pouco mais de preguiça e um pouco menos de preocupação com limpezas depois de um cafézinho. Cada um escolhe aquilo que quer para si. Alguns gastam tempo, outros dinheiro.

  • FRED  On Dezembro 27, 2009 at 19:32

    Amigos, me respondam uma coisa: quantos cafés consigo fazer com apenas uma cápsula da cafeteira Dolce Gusto?
    Abrasssssssssssssssssssssssssssss!!!

    • Leonardo Fertig  On Janeiro 10, 2010 at 19:26

      Onde se compra capsulas para o Nescafé Dolce Gusto?

      • Josie  On Fevereiro 8, 2012 at 01:28

        Olá a todos. Tenho adquirido as cápsulas há R$ 23,99 no site da nescafé. http://www.nescafe-dolcegusto.com.br ou nos hipermercados um pouco mais caro R$ 25,00 aqui no Rio de Janeiro – RJ. Quanto a sugestão do amigo (abaixo) de contrabandiá-las… não aconselharia. Nos EUA as cápsulas estão por volta de $ 30 dolares o que é muito mais caro para nós brasileiros, contando que o dolar hoje está R$ 1,89. Na Europa não sei.
        Gosto da minha Dolce Gusto pela versatilidade. Preparo desde de chá gelado, cafe com leite, chocolate quente, capuccino e expressos. Não é uma máquina profissional complicadíssima, pelo contrario é muito simples de manusear. Quanto custa o seu prazer em preparar bebidas diferentes para toda familia sem sujar nada? Cada um pensa de uma forma. Abraços.

    • Jack  On Maio 23, 2011 at 05:03

      Apenas 1

  • Caio Orsolini  On Março 22, 2010 at 23:35

    Pois vou contar minha experiência. Comprei uma Dolce Gusto e me arrependi amargamente. Comprei apesar de achar muito caro o preço das cápsulas, algo em torno de 22 a 25 reais por caixa (16 cafés ou 8 chocolates ou capuccinos). Parece-me que em Portugal a realidade é diferente, com uma cápsula de café custando algo como 1/10 do preço de se tomar um café na rua, mas aqui no Brasil é simplesmente quase o mesmo preço uma cápsula do que tomar na rua (1,50 por café, quando na rua encontra-se cafés por também 1,50 ou 2,00, e não estou falando dos cafés “gourmet”, mais caros, mas que não são o caso desta máquina, cujo café é, no máximo, apenas bom). Ou seja, é apenas pela praticidade de estar em casa e poder tomar um espresso sem sair de casa, e foi por isso que comprei. Acontece que, como aqui no Brasil as coisas são sempre ao contrário (e depois tem gente que fala que português é que é burro), quando começaram a vender bem estas máquinas, ganhando escala, o preço das cápsulas SUBIU AINDA MAIS, sendo hoje encontradas no mínimo por 25 e em média por até 30 reais, o que é praticamente um latrocínio. Isto, além de serem difíceis de se encontrar – mas quando se encontra, é caríssimo.

    Bom, hoje sinto-me um completo idiota por ter comprado uma máquina que só pode ser utilizada com as cápsulas do próprio fabricante (monopólio) e vendidas ao preço que o fabricante bem entende (pode ser que na Europa funcione bem, mas no Brasil… Já se sabe que vão roubar e fazer o consumidor passar raiva). O resultado é que, da próxima vez que for ao exterior, vou contrabandear cápsulas, e ainda tem políticos que reclamam do contrabando.

    • Giselle  On Maio 27, 2010 at 12:25

      Oi Caio,

      Gostaria de vender sua Dolce Gusto? Se ela for vermelha, me interesso… Meu e-mail é dias.giselle@hotmail.com

      Abraços

      Giselle
      Guarulhos/ São Paulo

    • Cláudia  On Fevereiro 21, 2011 at 13:58

      Caio,
      aqui em Brasília, encontramos as cápsulas no Extra (qualquer uma)pelo preço de R$ 23,00, a caixa.

    • Sidney Armadimijar Grossah  On Junho 10, 2012 at 23:20

      A falta de intelecto causa distorsoes absurdas como a desse individuo, alias a crise educacional tem gerado uma geraçao de analfabetos funcionais. Sao os Discipulos de Lula, o grande analfabeto bufao!
      Mas explico porque esta gozacao com o “pobre de intelecto” e sua confusao de valores: primeiro, o sujeito usa como referencia o custo do cafezinho de pó de “butiquim” de esquina, R$ 2,00!! Nem minha empregada frequenta muquifos assim, e ele compara com um cafe espresso? segundo, nao se trata de LATROCINIO, analfabeto, que é roubo seguido de morte, mas ESTELIONATO.
      E ainda tem coragem de ofender os portugueses?
      Voce deve ser nordestino morando no Rio de Janeiro, e digo isso com todo respeito aos nordestinos, porque os que abandonam a terra natal pra tentar vida facil em outro lugar… é esse tipo aí!

      • Bruno  On Novembro 6, 2012 at 01:25

        “A falta de intelecto causa distorsoes absurdas”. Distorsões?! Hahahahahahhah… Muito bom, espertão!

      • Monica  On Novembro 23, 2012 at 19:35

        Comentário totalmente ignorante e preconceituoso !!! Sou nordestina, vivo no nordeste e sei muito bem o que é latrocínio!

      • Andreia  On Novembro 30, 2012 at 14:46

        Senhor Sidney, entrei neste site, porque quero comprar uma cafeteira e estou na dúvida, pensei que os comentários se limitariam às opniões sobre as máquinas nunca nimaginei que fosse me deparar com um cometário tão redículo e preconceituoso. Sou nordestina e moro em Brasília, ao contrário do que pensas, não abandonei minha terra natal para vim tentar a vida fácil, pelo contrário saí da minha cidade, que tanto amo, por não ter escolha, vim atrás de estudo. Nunca tive vida fácil, batalhei muito, hoje sou servidora do Judiciário, com muito orgulho e muito estudo. O nordestino não é burro, ou preguiçoso é batalhador, corre atrás. Quem dera todos os analfabetos fossem como o Lula. Quantos letrados já tentaram se presidente, mas não conseguiram. Fico horrorizada quando vejo esse tipo de comentário. São os neonazistas. Tenho pavor a eles.
        Afinal o que seria do Brasil se não fosse a força do nordestino? Nossas praias, nossas riquezas. Somos felizes e não recalcados. Tenho muito orgulho de ser nordestina.

  • marisa  On Maio 11, 2010 at 16:40

    onde comprar as capsulas em belo horizonte???

    • Joaquim T  On Maio 17, 2010 at 20:03

      No caso da cafeteira Dolce Gusto, as cápsulas podem ser encontradas, a princípio e com certa dificuldade, nos hipermercados Extra e SuperNosso.

  • Vera  On Maio 15, 2010 at 12:14

    ontem comprei uma dolce gusto,Thiago e é possível fazer 2 tipos de café expresso mais suave e forte, alé dos já conhecidos. Nestas cafeteiras expressos linha nespresso,o tamanho que atrai realmente pela arrumação é a esseenza por ser mingon, mais o que me desgostou e atraiu a compra de dolce gusto foi a diversidade de cafés que ´podemos realizar. essenza só faz café e mais nada, não custava nada a essenza(nespresso) incluir nela o vapor para o cappucino. os modelos que fazem cappucino da nespresso são jamantas, e o melhor é que deveriam fazer para capsulas e pó no tamanho da essenza. pq máquina que tem as variadas opções de café são todas profissionais.

  • Vera  On Maio 15, 2010 at 12:37

    Agora, a nespresso está fabricando uma máquina igualzinha a dolce gusto, mas que tbem não usa café em pó. o correto seria deixar o cliente escolher o que ele deseja usar, afinal quem compra é ele. se quiser usar capsulas use, se quiser usar pó, use tbem. por favor fabricantes o cliente tem sempre razão e se é por nós que vcs. tomam medidas para alterar ou diminuir designers de tudo que se fabrica no país…..acordem!!!!

  • Andréa  On Agosto 9, 2010 at 01:28

    Para um amante de café expresso, sem dúvida a Nespresso irá atender melhor ao paladar, tanto pela qualidade qto para a cremosidade do café.
    E para quem quer além do café, ter chocolate quente cremoso entre outras opçoes a Dolce Gusto é a melhor opção.
    Realmente aqui no Brasil, tanto as capsulas qto as maquinas, custam mais ou menos o dobro do preço da Europa.
    Ouvi dizer que a partir de 2012 (nao tenho certeza), a Nespresso nao tera mais a exclusividade das capsulas, ou seja, qquer fabricante esperto fará capsulas de sua marca de café, vendendo mais barato (espero).

  • João Crespo  On Outubro 25, 2010 at 13:16

    A máquina Essenza (Nespresso) é superior em termos de resultado final para quem gosta de café, porque:
    – tem uma pressão de extração muito maior do que o modelo Dolce Gusto, o que resulta num café muito mais cremoso
    – oferece uma variedade de blends muito mais numerosa e variada.

    Se você não se importa com variedade, não é exigente quanto ao resultado final e quer uma máquina mais barata e com café mais barato, a Dolce Gusto é a melhor opção.

  • carlos  On Janeiro 31, 2011 at 22:33

    e não sei qual e boa pois naõ sei se uma emais gostoza que a outra se o café e melhor ou no caso da dolce custo se o chocolate quente e melhor entre outras coisas

  • Marcos  On Março 18, 2011 at 00:59

    Nespresso e Dolce Gusto são marcas da Nestlé, e não são independente desta. A Nespresso trabalha com grão de café selecionados, torrados, moídos e misturados (blended), e encapsulados para a extração “perfeita” de um café “espresso”. A vantagem é que você tem um café que é feito na hora, pela extração do tipo “espresso”, tão bom quanto ou até melhor que o de uma cafeteria com barista de verdade! Ainda tem a vantagem de poder escolher entre diversas misturas (blends) de grãos de café que a Nespresso oferece.
    A Dolce Gusto é uma máquina que prepara Nescafé e produtos da Nescafé, só que com pressão. É uma versão caseira das máquinas de Nescafé econtradas em padarias e lojas de postos de gasolina. Por tabalhar com produtos solúveis, inclusive o café, pode preparar uma gama maior de bebidas, ou seja, café solúvel Nescafé, Capuccino solúvel Nescafé, Latte Machiato solúvel Nescafé, Chococcino solúvel Nescafé, e ainda Nestea, o chá solúvel da Nestlé. Estes mesmos produtos podem ser comprados em latinha para serem misturados à agua quente, mexidos com colher, e bebidos logo em seguida. Só não ficarão tão cremosos quanto as cápsulas da Dolce Gusto porque o conteúdo destas é dissolvido sob pressão, conforme anteriormente dito. O café solúvel é um café que já foi preparado, e depois liofilizado (este é o método de secagem mais comum).
    A diferença está aí: a Nespresso faz café “espresso” tradicional, a Dolce Gusto faz solúvel.

  • José Serra  On Abril 12, 2011 at 18:49

    Pois eu sou tão bom apreciador de café, como sou de vinhos. O que me souber bem é o melhor e o resto deixo para os “entendidos”, com mestrados sobre café e vinho tirados, quiçá, na mesma universidade onde “o outro” tirou inglês técnico ao domingo.
    Tenho máquina de café desde que elas começaram a ser fiáveis e ultimamente tive de substituir uma do sistema tradicional (porta filtros e café em pó ou pastilhas) e optei pela Dolce Gusto. Dois factores influenciaram a minha escolha (já há cerca de um ano ofereci uma a uma filha, seguindo o mesmo critério).
    Em primeiro lugar a simplicidade mecânica. Uma pequena gaveta e uma alavanca para movimentar a “agulha”, na Dolce Gusto, contra uma parafernália de alavancas, molas, elevadores e escadas rolantes, da Nespresso. Foi também esse o critério que me levou a rejeitar a Delta (com muita pena minha, pois tenho um apreço especial pelo amigo Nabeiro), pois tive em tempos uma Flama cuja funcionalidade e fiabilidade me deixaram de pé atrás e as máquinas mais acessíveis da Nespresso têm um sistema idêntico. Gosto de algo em que eu próprio possa “meter a mão” e reparar, se for caso disso.
    Outro factor importante na minha escolha, é o facto de a Nespresso ter aquele sistema “elitista” (pelos visto muito apreciado até por alguns “mestres” que não bebem café mas que gostam de largar a sua “posta de pescada”) de só venderem café nas lojas online, ou em duas ou três “chafaricas” (na zona de Lisboa, of course) onde o “freguês” tem de se deslocar e, segundo sei, esperar numa fila de racionamento, como nos tempos da guerra (que eu só conheço da literatura, bem entendido. Não sou assim tão “idoso” lool).
    Gosto de comprar o café (e as outras coisas) onde me apetece e o meu dinheiro chegar. Além de que a entrega do café via CTT, numa época em que os “carteiros”, ao fim do dia de trabalho, dificilmente encontram o caminho de regresso a casa sem GPS, torna as coisas mais complicadas.
    Por isso Dolce Gusto sempre!
    Nespresso, jamais!

  • marcia  On Maio 19, 2011 at 14:04

    tenho as duas cafeteiras e estou muito satisfeita com ambas,Me atendem perfeitamente e saõ lindas!!!
    amo caféeeee

  • William  On Maio 20, 2011 at 16:26

    Quanta opinião diversa! Ainda bem…
    Na verdade o que gostaria de saber é se o café da Dolce Gusto tem o mesmo gosto do Nescafé convencional que uso no meu dia-a-dia mas somente com leite pois puro é, digamos, intragável.
    Tomei vários “blends” diferentes da Nespresso em uma de suas lindas lojas cheias de pessoas se sentindo especiais e entendidas em café e concluí que o blend basiquinho e comunsinho é o melhor, pois é feito com um café de qualidade e extraído para a xícara também com qualidade. Daí concluí que essa enorme variedade de “blends” é pura vi.., quero dizer, frescura e depois de gastar uma grana preta com um monte de caixas de frescura, elas ficarão velhas no armário.
    Mas voltando ao Dolce Gusto, além de fazer outras variedades como chocolate, etc.., será que o que café é razoável? Dá pra tomar sem achar que é aquele de posinho?
    Ainda não encontrei uma pra fazer o test-drive…

    • G. Bocuzzi  On Dezembro 26, 2011 at 19:43

      Com algum atraso… ganhei de Natal (ontem) uma Dolce Gusto, e ao contrário do que andam dizendo por aqui, ela faz sim CAFÉ EXPRESSO. Quem afirmar que ela faz café solúvel está mal informado, ou mal intencionado. Enfim, pode comprar sem medo, o café fica muito gostoso!

  • Silvio Jr.  On Junho 11, 2011 at 19:42

    Por favor, quantos cafés eu posso fazer com uma capsula dda Dolce gusto?

  • Camille  On Junho 14, 2011 at 19:26

    Outra vantagem da Nespresso é que você pode comprar capsulas recarregáveis, enquanto que para a Dolce Gusto não existe, tornando-a mais “cara”.

  • Guida  On Julho 20, 2011 at 15:53

    na dúvida, façam com eu…: comprei as duas….. kkkkk

  • buba  On Julho 31, 2011 at 00:42

    moro em Balneário Camboriú e tenho uma dolce gusto, não me arrependo da escolha e recomendo.

  • max  On Agosto 6, 2011 at 17:17

    comprei uma dolce gusto e me arrependo pois é um absurdo o preço das cápsulas e difícil de encontrar.

  • maquina quente  On Novembro 17, 2011 at 00:23

    na minha umilde opiniâo a doce gusto é melhor pois e da mais opçoes de sabores;porem as capsulas sao raras nos supermercados so se acha na net fica a duvida;sera que vale apena comprar um produto cuja marca nao disponibiliza as capsulas aos seu clientes

  • Anna  On Novembro 26, 2011 at 16:43

    Adorei o comparativo…vou comprar a dolce gusto,piccolo q é menor, e se adapta bem, no apto.
    Aqui no Brasil, adoramos café e sou totalmente maniaca, o valor que pagamos na capsula,vale mto a pena.

    Obrigada.

  • Laiara Motta  On Dezembro 1, 2011 at 12:53

    Gostaria de saber onde comprar as capsulas aqui em feira de santana??

  • Aparecida  On Dezembro 21, 2011 at 19:25

    sem dúvida alguma… NESPRESSO… pode comprar a cápsula da mais barata que o café é sensacional, magnífico, além de super prática, só recomendo uma máquina automática, nada de manual…. eu tenho a Citiz…. gastem um pouco mais, mas vai valer a pena!! Abçs

  • Andréa  On Janeiro 17, 2012 at 18:38

    Tenho a Nespresso Essenza e amo café. Apesar do preço da Nespresso e do fato dela só preparar café, o sabor dos cafés da Nespresso não podem ser comparados ao da Nescafé, os da Nespresso são infinitamente melhores. Baseada nisso, fiz a minha escolha.

  • Joao Marcelo  On Abril 11, 2012 at 01:23

    Acabei de tomar um expresso na minha dolce gusto que chegou hoje. Muito bom! A cafeteira é um show.

  • Marcos  On Maio 4, 2012 at 20:41

    Gente pra escritórios ambientes pequenos sem sujeirada.. é o ideal para servir ap seu cliente diferenciado, abra~cos

  • Maria  On Junho 5, 2012 at 18:58

    Jesuuuuus, continuo sem saber o que comprar.

  • Ro  On Junho 17, 2012 at 16:15

    Gostaria de saber se nas capsulas de café Nespresso vem açúcar?
    Obrigada
    Rosangela

  • Márcio  On Agosto 20, 2012 at 02:18

    O PLUGUE da cafeteira Dolce Gusto Piccolo ,não entra nas tomadas comuns,pois o plugue e muito grosso,tenho que forçar em um adaptador,acho que nao e seguro fazer este tipo de coisa,porque nao foi feito um PLUGUE normal?

    • Paula  On Maio 13, 2013 at 01:16

      Para a Dolce Gusto fazer café “tipo profissional” ela usa uma carga absurda. Parece inofensiva, mas a tomada mais robusta é certa para a necessidade dela. O certo é trocar a tomada na parede para recebê-la, pois adaptadores mais frágeis podem danificá-la ou até causar um curto mais sério. (P.S. Dá uma olhadinha na amperagem do plug e na do adaptador – que vem escrito) e verás que é diferente.

    • Tiago Covre  On Maio 17, 2013 at 00:49

      Marcio, isso ocorre pois o plug da Dolce Gusto é de 20 Amperes, e a tomada que você deve ter em casa é de 10 amperes, o brasileiro tem essa mania de arrumar um jeitinho de fazer caber, tira o pino terra de aparelhos 3 pinos, coloca extensão para de uma tomada sair 10 aparelhos, ou coloca um adaptador forçado para colocar um aparelho 20 amperes em uma tomada de 10 amperes, tudo isso pode causar aquecimento e em casos extremos até incêndio, mas não tem jeito, somos assim mesmo.

  • arthur  On Dezembro 28, 2012 at 18:21

    tenho uma dolce gustos, gosto bastante. Qto as capsulas em Recife é bem facil encontrar.

  • jroberto  On Fevereiro 13, 2013 at 02:40

    ola como vai
    existem capsulas genéricas da Dolce Gusto?
    grato
    j.roberto

Trackbacks

  • By Dolce Gusto « O Avesso dos Ponteiros on Fevereiro 1, 2009 at 18:22

    [...] desde logo rendidos à ideia, tanto que publiquei aqui no blogue uma dissertação Nespresso versus Dolce Gusto, com a certeza que o que me interessava mesmo era a Dolce Gusto. Chegámos a ponderar a compra da [...]

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: