Noite & Dia


É noite, noite, noite.

Acordo de um sonho distante e sinto necessidade de pairar no meu baloiço.
Saio de casa. Descalço. O toque inevitável da vegetação nos pés é surpreendente. Suave. Terno. E carinhoso.
Sentado dou o impulso necessário para chegar ao céu. Quase, quase… Balanço as pernas mais uma vez. E outra. Ainda outra. Quase que agarro as estrelas. Sinto que o negro do firmamento me absorve os traços de individualidade. Cansei-me de tentar alcançá-lo e caio com o rosto por terra. Tão áspera. Tão árida.
Permaneço ali. Deitado. O encontro com o baloiço. O encontro com os sentidos.
Adormeço.
É dia, dia, dia.
Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: