De Pedra

O meu mundo de conto-de-fadas vai-se desmoronando. O passado desaba, calma e lentamente, como que a dizer que já era tempo de reorganizar a minha mente.
Deixaste de ser a menina que todos conheciam e gostavam (afinal cresceste), mudaste toda a tua maneira de ser… Com que finalidade? Necessidade de afirmação? De reconhecimento? Também já passei por isso, mas os meus valores não mudam (pelo menos tão rapidamente)!
Provavelmente já não te lembrarás de mim, mas reconheço esses teus traços; dos quais agora alguns se queixa. Vejo nuances, nesse teu novo comportamento, do passado. Percebo que participei nessa tua mudança. Lamento.
Espero que não te magoes e não sofras. Não terás estrutura para aguentar.
Conhecia-te perfeitamente. Agora já não. És uma perfeita desconhecida.
De pedra. Assim é feito o meu novo mundo.
Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: