(O Tal Grito)

Já gritei o suficiente.
“Paciência”, diz-me Lenine. Eu respondo “Paciência, uma ova!” e hoje vou voltar a preencher estes espaços negros, com títulos verdes.
“Um disparate”, penso. Mas para que me serve este blog senão para isso?
O grito emudeceu. E a escrita continuou.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: