Para não dizerem que só falo de cinema, falemos de sexo e cinema.

E só assim porque hoje, de repente e como quem não dá por nada, mas vai remoendo o assunto, apercebi-me que existe uma ligação muito grande entre mim e a exploração do sexo. Trauma de uma infância recalcada ou não, a verdade é que o fascínio perante a descoberta da sexualidade humana, nas suas mais variadas formas, inclusive as mais perversas é grande. E mais que se notar em aspectos da minha vida pessoal ou sexual – até hoje não me agrada muito a ideia de estar pendurado de cabeça para baixo, com arame farpado nos pés e ferro espetado na uretra – nota-se particularmente nalguns filmes que me são marcantes de alguma forma.

Note-se, por exemplo, há uns anos atrás – vai não vai havia de estar nos meus 14 anos – a programação da RTP2 era fonte desse fascínio. E não fosse a minha mãe achar que estaria a ver filmes pornográficos pela madrugada fora, era precisamente às “escondidas”, que vi alguns filmes que só hoje em dia e muito recentemente soube o nome.

É o caso de A Pianista, de Michael Haneke, preversão sexual ao máximo – discreta, de certa forma, mas muito sugestiva – com uma professora de piano e um seu aluno, com muito voyeurismo, sadomasoquismo e auto-degradação. É o caso de O Fantasma, de João Pedro Rodrigues, com actores despudorados e sem complexos e com a primeira cena assumidamente gay no cinema português. Muito perturbador. É o caso ainda e numa versão muito mais naïve da história da exploração da sexualidade juvenil em Os Sonhadores, de Bernardo Bertolucci. Notem-se ainda pequenos pormenores, mais recentes como Les chansons d’amour ou até à forma despudorada com que Six Feet Under abordava a sexualidade.

Pequenas coisas que revelam o meu fascínio e que me fazem pensar que se talvez não fosse administrativo, talvez gostasse de ser sexólogo. Ou ainda mais sublime: administrativo de dia, sexólogo de noite. Mas sexólogo mesmo, não outras coisas. Porque apesar de tudo ainda tenho alguns pudores.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • AnaA  On Janeiro 26, 2010 at 04:49

    Régua xD

  • Catarina Costa  On Julho 11, 2010 at 08:14

    Tropecei neste post por acaso e fiquei curiosa sobre esse filme o Fantasma. Ao pesquisar descobri que também vi esse mesmo filme e nunca lhe tinha sabido o nome =P

Trackbacks

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: